LEISHMANIOSE

Leishmaniose

Como é tratada?

Como é tratada?

Avaliar a fase da doença permite estabelecer um prognóstico e a escolha de um tratamento específico.
O tratamento da leishmaniose canina é longo, difícil, muitas vezes restritivo e mais ou menos bem tolerado. Existem vários protocolos de tratamento disponíveis, muitas vezes implicando a utilização de mais do que um medicamento durante longos períodos de tempo.
Em geral, estes apenas controlam os sinais clínicos e não curam o cão através da eliminação total do parasita. Por último, as recidivas são frequentes (6 meses a 2 anos). É então necessário um seguimento próximo do cão tratado, com regulares avaliações clínicas e biológicas ao longo da vida do cão.
Como pode constatar, sob estas condições, é vital a prevenção da leishmaniose.